BLAYA X JULIANA BEZERRA JEWELLERY
“Juliana Bezerra collaborates with artist Blaya on the launch of the piece ‘Jardim de Corais’, a jewel inspired by the sea and contemporaneity. The earrings recreate the shape of an anemone and imitate the colors of corals through stones such as garnets, tourmalines, zirconia, and hematites. On the gold-plated silver surface we read the inscriptions 'Só Love' and 'Me Domina', engraved titles of Blaya's songs. The elements of Nature merge with the power of the singer's femininity and gain new strength and eccentricity”
"A joalheira Juliana Bezerra colabora com a artista Blaya no lançamento da peça ‘Jardim de Corais’, uma joia inspirada no mar e na contemporaneidade. Os brincos recriam a forma de uma anémona e imitam as cores dos corais através de pedras como as granadas, as turmalinas, as zircónias e hematitas. Na superfície em prata com banho de ouro lemos as inscrições ‘Só Love’ e ‘Me Domina’, títulos de músicas de Blaya gravados. Os elementos da Natureza fundem-se com o poder da feminilidade da cantora e ganham uma nova força e excentricidade”.
Blaya is a female singer, who performed on large stages and alongside renowned artists. Blaya was the first Portuguese woman to reach number 1 of the 50 most played songs on Spotify, in Portugal, with her song “Faz Gostoso”.
Atuou em grandes palcos e ao lado de renomados artistas. Integrou os Buraka Som Sistema (BSS) em 2008, participando na produção dos álbuns “Komba” (2011) e “Buraka” (2014) com espetáculos por todo o mundo. Em 2016, os BSS terminam por tempo indeterminado. Em 2013, Blaya lança um disco homónimo com seis temas e duas remisturas.
Com a colaboração de MC Zuka, Kaysha, Laton, Ella Nor ou Virgul, Blaya compôs temas para o novo álbum a editar em 2018 pela Warner Music Portugal. O disco foi composto, produzido e gravado no estúdio da sua produtora e label RedMojo, no final de 2017. 
Blaya foi a primeira mulher portuguesa a atingir o número 1 das 50 músicas mais tocadas no Spotify, em Portugal, com a sua música “Faz Gostoso”.

In 2005, Juliana Bezerra moved to Portugal. Today, it is from her atelier in Lisbon that she produces her jewelry. Pieces that cross-referenced from Brazil, with Portuguese culture and are inspired by the shapes of nature, through the use of fluid lines and irregular textures.
Em 2005, Juliana Bezerra mudou-se para Portugal. Hoje, é a partir do seu atelier em Lisboa que produz as suas joias. Peças que cruzam referências do Brasil, com a cultura portuguesa e se inspiram nas formas da natureza, através do recurso a linhas fluídas e texturas irregulares.
Back to Top